quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Razão Vs Emoção….

Pela segunda vez neste blog aparece a figura do shor Dalai Lama! E o que é que se passa desta vez? Bom…o supra sumo do budismo veio fazer uma visita a lx , o problema é que o governo português “esqueceu-se” de o receber! E aqui vem o motivo do post! Deverá o governo português dar primazia aos direitos humanos, à dignidade humana, ao respeito pelo próximo e aos valores morais….ou deve de, em favor de uma melhor relação económica com a China, ignorar o que se passa no Tibete? É fácil para o cidadão comum pensar que a hipótese de ignorar o Dalai Lama é inconcebível, no entanto, para o cidadão comum ter uma melhor vida ás vezes é necessário ter este tipo de comportamentos….porque verdade seja dita, se daqui a seis meses viesse nas noticias que o governo Chinês tinha escolhido os portos marítimos espanhóis como parceiros para as exportações em detrimento dos portugueses….o bom do tuga iria logo criticar a dizer que o governo português não mexe uma palha para ganhar este tipo de iniciativas!
De qualquer das formas a minha opinião é que as pessoas estão sempre primeiro…portanto…acho mal o governo português não ter reconhecido a visita do Dalai Lama como uma visita oficial.

4 comentários:

Filipa disse...

É o seguinte: sendo ele apenas líder duma religião/ faz-me sentido que ele não seja recebido por nenhum membro do governo uma vez que o nosso é...e se ele se apresenta dessa forma, concordo com a posição adoptada pelo governo mm as motivações sendo diferentes.
A china tem mtos podres,no doubt about that, mas tem as costas largas e ultima/ é bode expiatório de tudo e + alguma coisa q aconteça neste mundo. Eles até podem, de alguma forma, ter pressionado o governo português mas não vejo o porquê de tanta polémica se foi esse o motivo para o governo não o receber.

Instinct disse...

O governo não o recebeu por pressões da China. E neste caso não é o "ultimamente" que conta...a China invadiu o Tibete em 1950 e desde então que anexou o território como se fosse por direito deles, no fundo foi o mesmo que a Indónesia fez com Timor...no caso de Timor interessava-nos nem que fosse por motivos historicos, aqui não ha interesse real a não ser pela "moral". Eu acho que devemos de defender o que está certo e não o que nos convém que seja certo em determinada altura, que é o que se passa com esta situação...porque se fores perguntar a titulo particular a cada um dos politicos que não o receberam, todos eles acham que a situação é errada.
BTW...o Dalai Lama também é representante do governo Tibetano...isto claro se ele fosse reconhecido! porque na altura da invasão era ele o lider espiritual e politico do pais!neste caso penso que as duas figuras se misturam um pouco :)!

Filipa disse...

pois...então vamos dizer aos espanhois pra passarem pra ca olivença!!
A china não deveria ter anexado territórios por dá cá aquela palha nem deveria ter pressionado o governo mas será que, caso não tivessem havido pressões, o governo o receberia na mm?
continuo a dizer: o nosso estado é laico

Instinct disse...

E eu continuo a dizer...que ele tb representa o governo tibetano! ou por outra...representa a resistência tibetana...se bem que no caso desta resistencia não ha lugar a guerras ou guerrilhas...a resistencia é feita através do dialogo e da exposição de ideias! se calhar não tamos é habituados a isso!se a china fosse um pais sem poder nenhum...n tenhas duvidas q era recebido de outra forma! e n compares olivença, que é uma aldeola na fronteira, com o Tibete...tas a comparar um pais que foi invadido e que a sua populacao é perseguida pelas crenças religiosas (e tem o lider espiritual exilado) e onde os direitos humanos são constantemente atropelados...com uma aldeia na união europeia em que as pessoas são livres de fazerem o q quisserem! lol